Como estudar para o concurso da PRF?

A Polícia Rodoviária Federal segue aguardando autorização por parte do Ministério da Economia para realizar seu novo concurso público. De acordo com o pedido, estima-se que no edital PRF sejam oferecidas um total de 4.435 vagas, sendo 4.360 para o cargo de Policial Rodoviário Federal, que exige graduação completa em qualquer área, e 75 para Agente Administrativo, que pede nível médio completo.

Ao contrário da PRF, você não precisa esperar para iniciar sua preparação. Ao contrário, o ideal é que o faça imediatamente, pois assim, quando o edital for finalmente publicado, estará com grande vantagem em relação aos concorrentes. E neste post vamos te mostrar como estudar para o concurso PRF.

Em primeiro lugar, saiba que ser dedicado e disciplinado é o primeiro passo. Além disso, outro ponto fundamental é contar com uma boa preparação, e isso você encontra fazendo um curso online. Mas cuidado, não pode ser qualquer curso online, esteja sempre atento a alguns diferenciais para fazer sua escolha e assim ter certeza de uma preparação completa e de qualidade. Veja abaixo quais são:

  • Oferecer videoaulas

O melhor curso online PRF irá respeitar um dos seus bens mais preciosos: o tempo. Isso pelo simples fato de te oferecer a possibilidade de estudar assistindo videoaulas. Elas, ao contrário das apostilas, são realmente eficazes e permitem que consuma todos os conteúdos necessários até o dia da prova, pois apresentam os conteúdos em apenas 30 minutos, permitindo então uma preparação mais rápida e eficaz.

  • Conteúdo que cai na prova

Priorize sempre os conteúdos que realmente serão cobrados. Não aceite nada diferente disso! Perder tempo com assuntos desnecessários não deve em hipótese alguma fazer parte da sua rotina. É necessário ir direto ao ponto e somente um curso online de qualidade te dá essa possibilidade.

  • Plano de estudos

Acima falamos sobre a importância e eficácia de se preparar assistindo videoaulas. Mas será que é possível simplesmente assisti-las sem ter uma organização, sem criar um plano de estudos? Se o curso online já disponibilizar essas videoaulas nesse formato é possível sim!

Desta forma, basta que você siga o cronograma criado após longa análise e, automaticamente, estará se preparando da maneira correta. Aqui relembramos sobre a preciosidade do tempo, portanto, ter videoaulas em formato de plano de estudos significa economia máxima do seu tempo!

  • Preparação com questões

Conforme diz aquela famosa expressão, “a prática leva à perfeição”. Concorda? Então saiba que quando o assunto é concurso público, não há forma melhor de praticar que não seja a resolução de questões. Por isso, um curso online para o concurso PRF 2020 apenas será realmente completo se oferecer uma plataforma com grande quantidade de questões para que você possa treinar.

Acredite, só assim você coloca em prática seu conhecimento, pois simula de forma efetiva como seria o dia da prova. E claro, verá que quando a data realmente chegar, estará com muito mais bagagem e segurança, pronto para conquistar uma ótima nota.

Então, não deixe de comprar o curso online PRF e ficar muito mais perto de conquistar sua sonhada vaga.

Vida de Vinicius de Moraes – Breve biografia sobre o maior da música brasileira

O escritor brasileiro Vinicius de Moraes (1913-1980) ajudou a criar dois dos ícones da cultura do século XX, a peça Orfeu da Conceição, que ficou conhecida em inglês como Orfeu Negro depois que foi transformado em um filme de sucesso internacional, e a canção “Garota de Ipanema”, mais conhecida como “a menina de Ipanema”.

Essas duas obras formaram apenas uma pequena fração do que Moraes realizou. Ele escreveu poesia para especialistas e canções populares para o povo brasileiro. Uma lista completa de suas ocupações também incluiria diplomata, crítico de cinema, censor de cinema, roteirista, cantor e artista de gravação, colunista de conselhos, apresentador de rádio, advogado não-praticante, e não-conformista geral com um gosto pelo bom uísque.

Moraes estava sempre procurando algo novo, e essa tendência ajudou a torná-lo um grande artista de crossover que fundiu ideias culturais ocidentais e africanos no Orfeu Negro e trouxe a música brasileira sutil para o topo das paradas internacionais com “A garota Ipanema”.

Seu pai gostava de recitar poesia em reuniões familiares, e sua mãe cantava e tocava guitarra. Moraes escreveu seu primeiro poema aos sete anos, foi enviado para algumas das melhores escolas do Brasil, e ganhou um diploma de direito aos 20 anos, também entrando na Reserva Do Exército do Brasil. Moraes dedicou pouco ou nenhum tempo à prática da Lei, no entanto, pois ele estava dedicando sua energia a atividades artísticas.

Moraes e os irmãos Paulo e Haroldo Tapajós (ou Tapajóz) eram amigos de infância, e formaram um pequeno grupo musical na Escola Colégio Santo Inácio. Quando os dois irmãos começaram a ganhar fama nacional no Brasil como estrelas jovens, Moraes continuou a trabalhar com eles, escrevendo canções em gêneros de dança populares como.

Aos 15 anos de idade, Moraes teve seus dois primeiros hits como compositor com um par de composições chamadas Loira ou morena e Canção da Noite. Ele também era fascinado pelas tendências da poesia moderna. Ao terminar o seu curso de direito, publicou o seu primeiro livro de poesia, o caminho para a distância, seguindo-o com a sofisticada Forma e exegese (formas e interpretações) em 1935. Moraes passou vários anos trabalhando na indústria cinematográfica brasileira. Em 1938 ele ganhou uma bolsa de estudos para estudar na Universidade de Oxford, na Inglaterra, e também escreveu vários volumes de poesia difícil, alguns deles em uma mistura de português e Inglês.

No ano seguinte, Moraes casou-se com sua primeira esposa, Beatriz. Ele se casou várias vezes, em cerimônias oficiais e não oficiais (mais tarde na vida ele era um aderente de uma variante Afro-Brasileira do catolicismo), e teve quatro filhas. (A última, Maria, nasceu em 1970.)

Forçado a retornar ao Brasil com a eclosão da Segunda Guerra Mundial, Moraes escreveu críticas ao cinema e trabalhou como um censor de cinema para o governo. Embora fosse um pouco tarde no jogo para tomar tal posição, ele escreveu artigos condenando o filme sonoro e exaltando as virtudes do cinema mudo.

Moraes juntou-se ao corpo diplomático do Brasil em 1943. Neste ponto de sua vida, ele ainda compartilhou a visão política conservadora de sua família e estava pronto para se tornar um servo do governo do Brasil e seus interesses. Ele até simpatizava com o fascismo nos estágios iniciais da Segunda Guerra Mundial.

Tudo isso mudou depois que Moraes conheceu o escritor americano Waldo Frank em 1945. Ele foi enviado para fornecer passagem segura ao redor do Brasil para Frank, que havia sido fisicamente atacado por fascistas na Argentina, e Moraes disse a Selden Rodman da revista Saturday Review que, à medida que os dois viajavam pelo país, “eu vi o crime, a degradação sexual e a pobreza pela primeira vez. Em 30 dias eu já não era um menino, já não um cidadão da classe média alta, preparado pelo sacerdócio para ser um bom direitista. Fiz um círculo completo. “Para o resto de sua vida Moraes foi um defensor da democracia às vezes conturbada do Brasil e um defensor da justiça social.

Mais alargamentos de seus horizontes ocorreram quando ele foi colocado em Los Angeles, Califórnia, como vice-cônsul Brasileiro em 1946. Ele passou três anos nos Estados Unidos, passando tempo com celebridades como a diretora Orson Welles e a atriz Rita Hayworth. Moraes recuou sua oposição ao cinema sonoro, explicando, de acordo com Kirsten Weinoldt da revista Brazzil, que “eu era e continuo a ser, não um mudo cinematográfico, como muitos pensam, apenas um pouco de gaguez. Ele editou uma revista de cinema, mas durou apenas duas edições.

Em 1950, após a morte de seu pai, Moraes retornou ao Brasil. Ele se mudou com a irmã de 19 anos de um amigo, vivendo em um apartamento no Rio sem eletricidade, pois ele tinha sido forçado a receber um corte de salário quando não em um posto estrangeiro. Complementando sua renda como crítico de cinema para o jornal Ultima hora, Moraes foi forçado a escrever uma coluna de conselhos como parte do trabalho. Mas o ambiente do Rio estimulou seus impulsos criativos. Visitando clubes noturnos, ele ouviu os próximos músicos do gênero infeccioso samba e começou a escrever letras de música mais uma vez.

Biografia de Garrincha – Como foi a vida dessa lenda do futebol

A nação GarrinchaThe do Brasil tem dado ao mundo muitos mágicos driblando ao longo dos anos, mas nenhum era tão amado ou carinhosamente lembrado como Mané Garrincha.

Disponível em biografias.inf.br a biografia de garrincha é muito mais longa do que parece, visto que apesar de ter vivido pouco tempo teve muitos feitos e se construiu como uma lenda do futebol no Brasil e no mundo.

É fácil entender a paixão das massas por ele-a história de Garrincha é uma história inspiradora de um homem que superou múltiplos defeitos de nascença para se tornar uma das maiores estrelas do futebol. Com ele, o Brasil venceu duas Copas do mundo consecutivas em 1958 e 1962.

Clubes por onde Garrincha passou

  • Botagofo (1953-1965 ))
  • Coríntios (1966)
  • Portuguesa Carioca (1967 )
  • Atlético Junior (1968)
  • Flamengo (1968-1969)
  • Olaria (1972)

Estatística

  • Clubes de futebol: 692 partidas, 276 gols
  • Seleção Brasiliera: 50 partidas, 12 gols

Biografia

Tendo nascido com uma coluna deformada e uma perna direita com seis centímetros mais do que a esquerda, o futuro de Garrincha como jogador de futebol profissional parecia bastante sombrio desde o início.

Além de seus atributos físicos desagradáveis, ele também era muito pequeno para sua idade, o que levou sua irmã a começar a chamá-lo de “Garrincha”, uma gíria Brasileira para alguém baixo. O seu nome verdadeiro era Manuel Francisco dos Santos.

Com seus médicos afirmando que ele era incapaz de jogar futebol, Garrincha decidiu provar que eles estavam errados. Aos 19 anos de idade, ingressou em uma sessão de treinamento de Botafogo; uma vez lá, ele mostrou seu talento extraordinário, driblando ao redor de Nílton Santos, um respeitado membro da Seleção Brasileira.

Como ele rapidamente percebeu que nunca iria querer enfrentar o jovem como um adversário, Santos pediu aos funcionários do clube para contratar Garrincha, e eles devidamente obrigados.

O início de uma lenda

Durante os próximos cinco anos em Botafogo, ele emergiu como um dos maiores de direita do mundo e uma equipe destruidora de um só homem. Os defensores da oposição tiveram dificuldade em ver o traiçoeiro Driblador, mesmo que soubessem que ele preferia ir para a direita, sua explosão o fez um passo à frente.

Seu estilo habilidoso e um pouco arrogante de jogo e um repertório aparentemente interminável de dribles e fingimentos rapidamente fez dele um favorito dos fãs para onde quer que ele fosse. Em 1957, ele liderou o Botafogo ao seu primeiro título do Campeonato Carioca em nove anos.

Com suas exibições sensacionais no Botafogo, ninguém ficou particularmente surpreso quando Garrincha foi convocado para a Copa Do Mundo de 1958. Essa equipe brasileira foi especialmente famosa por sua proeza de ataque, com Garrincha, Didi, Vavá, Mário Zagallo e um Pelé de 17 anos fornecendo as munições.

Depois de se sentar fora dos dois primeiros jogos, Garrincha começou contra a formidável União Soviética; levou apenas três minutos para jogar a oposição em desordem, driblando depois de dois defensores e atingindo o posto. O Brasil acabou vencendo o jogo por 2-0, com o desempenho impressionante de Garrincha garantindo que ele começasse todos os jogos a partir daí.

O Brasil chegou ao Chile como campeões reinantes e um favorito óbvio para o título, no entanto, suas chances correram para pior depois que Pelé sofreu uma lesão em sua segunda partida da fase de grupos. Isso colocou ainda mais pressão sobre Garrincha como o ponto focal do ataque da equipe, e as pessoas estavam começando a se perguntar se ele era capaz de liderar a equipe por conta própria.

 

Ao que parece, estava. Com dois gols contra a Inglaterra nas quartas-de-final e outros dois gols contra o Chile na semi-final, Garrincha jogou o melhor futebol de sua carreira, deslumbrando a multidão em casa e a audiência de televisão no processo. No dia seguinte à sua derrota, o jornal chileno El Mercurio perguntou aos seus leitores :” de que planeta é Garrincha? O Brasil acabou derrotando a Tchecoslováquia na final por 3-1, com Garrincha vencendo a bola de ouro como o jogador do torneio.

Declínio e queda

Fora do campo, ele tinha começado um caso de amor escandaloso com um cantor brasileiro que, de acordo com os ditos, tinha corrido para o vestiário com celebrando jogadores brasileiros e abraçou Garrincha que estava no chuveiro. O relacionamento ilegítimo e o gosto do jogador de futebol pela vida de celebridade o fizeram um pouco menos popular entre os fãs.

A Copa do mundo de 1966 foi uma história diferente da glory quatro anos antes, com o Brasil sendo uma sombra de seu antigo eu e sendo eliminado na fase de grupos. Garrincha jogou os dois primeiros jogos e marcou em uma vitória por 2-0 sobre a Bulgária. Depois de sua última partida internacional, tornou-se claro que o Brasil nunca tinha perdido um jogo enquanto se enfrentava Garrincha e Pelé.

Depois de 688 jogos e 276 gols com Botafogo, Garrincha deixou o clube em 1966. Ele passou o resto de sua carreira voando entre muitos clubes diferentes em sua terra natal antes de finalmente se aposentar em 1972. Ele morreu apenas onze anos depois devido ao consumo excessivo de álcool. Os problemas com o álcool atormentaram – no toda a sua vida adulta e depois ele morreu com 49 anos de idade ele tinha desperdiçado todo o seu dinheiro.

Milhões de pessoas foram às ruas para sua procissão fúnebre, em uma linha desde o Maracanã até seu local de descanso final. Seu epitáfio diz: “aqui descansa em paz aquele que era a alegria do povo”.

Ministro da educação diz que “não vai fazer nada pelo FIES”

O Ministério da Educação do Brasil prometeu cortar subsídios a um programa federal de empréstimo estudantil conhecido como Sie, já que o governo busca torná-lo fiscalmente sustentável a longo prazo.

Cortes no FIES

O governo reduzirá o limite máximo dos empréstimos do Sie para 30.000 reais (us$9.635) por estudante por semestre, abaixo dos 42.000 reais, disse o Ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho, em um comunicado com Mansueto de Almeida Junior, Secretário de Assuntos Econômicos do Ministério das Finanças.

O orçamento anual para o programa Fies é de 20 bilhões de reais (us$6,42 bilhões), disseram as autoridades.

No entanto, o” custo fiscal ” associado às Sie é de 9 bilhões de reais por ano, ou quase metade do montante orçamentado, representando custos incorridos com taxas de juros subsidiadas e perdas relacionadas com a delinquência, disseram as autoridades.O governo estima que cerca de 30 por cento dos estudantes tenham faltado aos empréstimos das Sie.

Esse nível poderia ser ainda maior quando os alunos matriculados em 2014, quando o número de Contratos do Sie chegou a 731 mil contratos, só começarão a pagar seus empréstimos em 2018, disseram as autoridades em uma coletiva de imprensa em Brasília.

Atualmente, existem 2,5 milhões de contratos de Sie ativos, de acordo com dados do Ministério da Educação.

Segundo as autoridades, o Ministério da Educação prometeu oferecer cerca de 150 mil novos contratos de Sie para estudantes matriculados no primeiro semestre de 2017. Isso é aproximadamente o mesmo que no primeiro semestre de 2016, disseram eles.

“Isso é uma má notícia para o setor”, disse um executivo de uma das empresas brasileiras de educação com fins lucrativos, que está preocupado que o governo não cumpra seu objetivo de estender 150 mil novos empréstimos.

Empresas de educação que financiam FIES pedem para amenizar cortes

As empresas brasileiras de educação com fins lucrativos estão pedindo aos legisladores para amenizar os cortes e restrições planejados em um programa governamental para subsídios de empréstimo estudantil que tem ajudado a aumentar o déficit do orçamento federal nos últimos anos.

O governo tinha atrasado a apresentação de um plano formal para o programa Fies, alimentando a incerteza sobre o destino dos subsídios estatais para empréstimos estudantis, por isso, quem for fazer a inscrição no fies2020.online esse ano pode apresentar mais dificuldades.

O programa será renovado?

Outros grupos se perguntam se o governo será capaz de renovar o programa antes do final do ano, o que poderia atrasar as inscrições para o próximo ano escolar. Em julho, o Ministro da Educação, José Mendonça Filho, anunciou uma primeira fase da revisão do Sie, na qual o governo transferirá algum risco de crédito para faculdades do setor privado.

Não está claro como serão as tartes no próximo ano. Em 2018, os brasileiros elegerão um novo presidente e substituirão parte do Congresso, fazendo das Fies uma questão de botão quente.

Ao contrário de outros países com programas semelhantes, O Tesouro Nacional do Brasil suportou o peso do risco de inadimplência dos estudantes, custando aos contribuintes cerca de 32 bilhões de reais (us$10,2 bilhões) no ano passado. Isso foi 11 vezes maior do que em 2011, estimativas do governo divulgados em julho mostrou.

Investidores em empresas cotadas como a Kroton Educacional SA e o Estácio Participações SA utilizam Sie para atrair mais estudantes. Sua dependência do programa aumentou nos últimos anos, uma vez que se tornou uma importante fonte de sua receita.

Os lobistas propuseram mais de 280 alterações a um projeto de lei regulamentando Sie, disse uma pessoa com conhecimento direto da questão. Eles vão desde a inclusão de licenças no programa até a utilização de depósitos obrigatórios e outros fundos para financiar subsídios.

As taxas de inadimplência sob a estrutura anterior das Sie aproximaram-se de 47 por cento no final do ano passado, em comparação com uma meta do governo de 10 por cento, de acordo com estimativas do governo.

Desde a sua criação em 1999, o Sie contraiu mais de 2,3 milhões de empréstimos bonificados.

O governo pretende oferecer pelo menos 300.000 contratos de empréstimo Sie por ano a partir de 2018, de acordo com as novas regras, e não irá remover totalmente os subsídios. Até 100.000 empréstimos terão juros zero.

Este ano, cerca de 225 mil contratos de empréstimo serão oferecidos através de Sie.

Cartão de Confirmação e Tudo que Você Precisa Saber Para o Enem 2019

O Enem 2019 será realizado para avaliar o desempenho dos estudantes e ajudar os participantes numa autoavaliação, conseguindo acesso ao ensino superior com o auxílio do Sisu, Prouni, instituições portuguesas, além da possibilidade de financiamentos como o Fies, o Prouni, incluindo também o desenvolvimento de estudantes e indicadores educacionais.

As provas serão objetivas, com 45 perguntas cada nas áreas:

  • Linguagens, códigos e suas tecnologias;
  • Ciências humanas e suas tecnologias;
  • Ciências da natureza e suas tecnologias;
  • Matemática e suas tecnologias;
  • Redação.

Para a redação, o texto precisa conter no mínimo 30 linhas, devendo ser dissertativo-argumentativo, de acordo com a situação problema. Este ano, devido a mudanças na inscrição, a foto fica sendo opção do participante.

É importante saber ainda que:

  • Lanches levados serão revistados;
  • Pessoas com deficiência poderão fazer uso de aparelhos auditivos ou implantes;
  • Serão eliminados os participantes que deixarem aparelhos eletrônicos ligados emitindo sons.

O mais esperado no Enem 2019 é o resultado, por isso, o candidato deverá ficar esperto com as datas em que forem divulgados os resultados, sendo que as notas individuais serão reveladas por partes do conhecimento.

Então, é crucial ter os documentos em mãos. Participantes que farão o exame para treinar, obterão os resultados 60 dias depois das notas individuais.

Com o resultado do Enem 2019, os estudantes interessados poderão utilizar a nota alcançada para conseguir uma vaga no ensino superior. No Brasil e em outros países como em Portugal, onde existem programas governamentais de financiamento que dão apoio a universitários.

Lembrando que programas que usam a nota do Enem são: Sisu, Prouni, Fies e Convênio com Instituições Portuguesas.

O Inep colocou em seu site desde a quarta-feira (16/10) o acesso ao cartão de certificação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, com os horários e locais das provas. Para consultar o documento, é preciso digitar o CPF e a senha definida na inscrição numa página destinada aos participantes.

Desde então, foram feitas muitas consultas aos locais de prova em poucas horas de divulgação, avisou o Inep em seu informe. Os exames vão acontecer nos dias 3 e 10 de novembro, dois domingos seguidos em 1.727 municípios.

Em 2019, o número de candidatos inscritos gira em torno de 5 milhões. Os locais de prova serão abertos a partir do 12h00min, horário de Brasília, e fecharão às 13h00min, lembrando que não haverá horário de verão este ano.

O cartão de confirmação é o documento que garante a inscrição no Enem, e mostra mais particularidades sobre as provas. Trazendo o endereço dos locais do exame, além de registrar a sala em que será a prova.

Desse modo, para ter acesso ao cartão da prova é necessário entrar na internet. O cartão estará disponível com todas as informações no site do MEC destinado ao Enem.

A consulta pelo site é restrita a cada candidato, isso quer dizer que os dados inseridos são pessoais e a senha para consultar o local de provas não pode ser revelada.

Não é necessária a apresentação do cartão de confirmação no dia da prova segundo o Inep, instituto incumbido de aplicar o exame.

Porém, os organizadores aconselham os candidatos a imprimirem e levarem o cartão de confirmação, pois ele simplificará na hora do acesso as informações e evitará bagunça com os lo

Faculdades a distância são reconhecidas pelo MEC?

Uma dúvida que surge entre boa parte das pessoas que pensam em escolher um curso EAD é: faculdades a distância são reconhecidas pelo MEC? Realmente bate uma preocupação em dedicar um período da vida se qualificando e correr o risco de que ela sequer seja válida. Mas nesse caso não há com o que se preocupar, o diploma conquistado no curso a distância tem sim validade, uma vez que é avaliado com os mesmos critérios e exigências do presencial.

Entre esses critérios estão indicadores como Conceito Preliminar do Curso (CPC), que é a avaliação do quadro de professores, infraestrutura e recursos didático-pedagógicos. O Conceito do Curso (CC), onde um representante do Ministério da Educação avalia presencialmente a área pedagógica, docente, e confere se os requisitos legais e normativos são atendidos.

Sem contar que ainda é analisado o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, mais conhecido como ENADE, que indica o rendimento de alunos que cursam ensino superior no que compete a habilidades e competências necessárias para a prática de sua futura profissão, no caso aquela em que está fazendo sua graduação a distância. Então, uma qualidade mínima deve ser assegurada pelas instituições, caso contrário elas deixam automaticamente de serem bem avaliadas.

Então, lembre-se sempre de certificar-se sobre o reconhecimento e a nota que a instituição de ensino na qual está pensando em estudar tem junto ao MEC. Assim você evita futuras dores de cabeça, e claro, garante que seu diploma EAD será de fato válido.

Quer um exemplo prático que talvez te deixe mais confiante? Veja então o caso da faculdade de Pedagogia a distância, que em número de matrículas, está atrás apenas de Administração e Direito. E Pedagogia sempre foi um curso que fez bastante sucesso na modalidade presencial, mas, com uma confiança cada vez maior por parte dos estudantes, a graduação EAD Pedagogia já tem procura maior.

Ainda não está 100% seguro? Então aqui vai mais um detalhe importante para você que continua com a pulga atrás da orelha… Saiba que em seu diploma não haverá especificação a respeito de qual modalidade você utilizou para concluiu seu curso, seja ela presencial ou a distância.

Então fique bem tranquilo, pois com o diploma conquistado através de uma faculdade a distância você poderá normalmente se matricular em uma pós-graduação e prestar concursos públicos. E talvez o mais importante, poderá também buscar emprego na sua área de formação, pois não haverá qualquer tipo de diferenciação no momento da escolha por parte da empresa.

Aqui entre nós, algumas características demonstradas por alunos de ensino a distância, como disciplina, organização, gerenciamento de tempo e força de vontade, são muito valorizadas pelos recrutadores.

Bom, depois de tantas provas com certeza agora você está seguro de que as faculdades a distância são reconhecidas pelo MEC e seu diploma será válido e lhe dará muitas alegrias. Então faça sua matrícula, estude com foco e dedicação, e ao fim deste ciclo comemore mais um entre tantos sucessos que ainda virão.

Qual a função da Receita Federal?

A Receita Federal é um órgão ligado ao Ministério da Economia. Dirigida pelo Secretário da RFB, a instituição abriu o último concurso para contratação de novos profissionais no ano de 2014.

Existe, atualmente, grande expectativa de que um novo certame seja divulgado em breve. Se você quer entender melhor qual a função da receita federal para saber se seu perfil é compatível com uma das vagas, continue lendo esse texto.

Qual a função da Receita Federal?

A Receita é a responsável pelo processamento do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Cadastro Nacional Pessoa Jurídica (CNPJ). Desde a data de 16 de março de 2007, a Receita Federal ficou responsável por toda arrecadação de impostos federais e contribuições de matriz previdenciária. Esse órgão também subsidia o Poder Executivo Federal na formulação da política tributária brasileira. Além disso, previne e combate à sonegação fiscal, o contrabando, a pirataria, o descaminho, a fraude comercial, o tráfico de drogas e de animais em extinção e outros atos ilícitos que possam estar relacionados ao comércio internacional.

Quando vai ser o próximo Concurso da Receita Federal?

Antes de mais nada é importante saber que o concurso da Receita ainda aguarda autorização por parte do Ministério da Economia para iniciar os preparativos. O pedido já foi enviado, porém ainda não há mais informações sobre quando será divulgado o edital.

A previsão é que sejam abertas 2.153 vagas, sendo 1.453 para o cargo de Analista Tributário e 700 para Auditor Fiscal. Para concorrer a qualquer uma das funções é necessário ter nível superior completo em qualquer área.

Para ser aprovado e garantir uma dessas vagas, é preciso começar a se preparar o quanto antes. Para se ter uma ideia da competitividade envolvidos no concurso, na última edição, realizada em 2014, foram 68.540 candidatos inscritos e 272 servidores convocados.

Como passar no concurso da Receita Federal?

Confira as disciplinas que precisam de atenção especial:

De acordo com os últimos editais onde os cargos de Analista Tributário Receita Federal e Auditor Fiscal Receita Federal, as disciplinas que podem ser cobradas no próximo certame são:

– Analista Tributário:

  • Língua Portuguesa
  • Língua Espanhola ou Língua Inglesa
  • Raciocínio Lógico-Quantitativo
  • Direito Constitucional e Administrativo
  • Administração Geral
  • Direito Tributário
  • Contabilidade Geral
  • Legislação Tributária e Aduaneira
  • Informática

– Auditor Fiscal:

  • Língua Portuguesa
  • Língua Espanhola ou Língua Inglesa
  • Raciocínio Lógico-Quantitativo
  • Administração Geral e Pública
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito Tributário
  • Auditoria
  • Contabilidade Geral e Avançada
  • Legislação Tributária
  • Comércio Internacional e Legislação Aduaneira

Além da prova objetiva, os candidatos ainda precisam ser aprovados em uma prova discursiva.

Agora, se você não sabe como começar a se preparar, precisa encontrar um curso preparatório que vai te dar acesso a todos os conteúdos das provas anteriores. Os cursos online oferecem a melhor preparação, e o melhor: você estuda onde e quando puder. Além disso, você tem acesso a um banco de questões com as provas que já foram realizadas. Dessa forma você se prepara para o dia da prova, conhecendo o estilo, tempo necessário para cada questão e chega lá com segurança para garantir uma das vagas na Receita Federal.

Até que ponto o ENEM é efetivo no Brasil?

Com um INIMIGO aqui considerado “agressivo”, o Brasil não só formou muitos mais estudantes universitários do muitos países da América Latina (como Paraguai, Argentina e outros) , mas que, além disso, sua formatura anual vem crescendo a um ritmo maior do que a média.

aplicação de exames de conhecimentos ao final do ciclo secundário não impacta negativamente na graduação total universitária, mas que, justamente, promove o contrário. De fato, o Brasil tem um regime de renda “restritivo”, mas a sua formatura da universidade, não só é muito mais alta que a nossa, mas que além disso, esta diferença se amplia, ano após ano, porque o ritmo de crescimento anual da graduação universitária é maior no Brasil do que na Argentina.

Não há maior “restrição” que a falta de estímulos para a dedicação ao estudo na própria escola, porque o que não se estuda é nessa instância, é muito difícil recuperar na universidade. Não existem restrições para o acesso às nossas universidades, porque assim dispõe a Lei 27.204, mas o abandono e a evasão são muito elevados, já que, de cada cem alunos que entram para todo o sistema universitário argentino (estatal e privado), quase setenta não concluem seus estudos.

Um fim de semana muito diferente no Brasil e a Argentina, no próximo mês de novembro, é o prelúdio lamentável de dois futuros diferentes. Mas os jovens não são os responsáveis, porque os adultos definem a política educacional. Este exame ENEM aponta claramente para melhorar o nível de conhecimento dos estudantes de ensino médio no Brasil; há que se destacar que algo semelhante acontece nos países latino-americanos que também se aplicam exames para a conclusão do ciclo secundário.

Mas a aplicação do ENEM não trás um bom exemplo somente como método de avaliação do Ensino Médio (embora ainda mereça melhorias). Sobretudo, o que o Ministério da Educação consegue garantir é um sistema muito eficiente para lidar com grande volume de informações e alunos – coisa que se aplica por meio do INEP. Há muitos sites especializados para saber o local de prova (localdeprovaenem2019.com.br) ou então para saber como consultar o resultado (vestibular.brasilescola.uol.com.br) e entre outros auxílios midiáticos que vem a acrescentar na vida do estudante que busca a conclusão definitiva do Ensino Médio ou então uma oportunidade de entrar em universidades púbicas e privadas no país.

A ausência deste tipo de exames é uma clara desvantagem para os nossos alunos secundários, uma vez que deteriora o processo de estudo nessa escola. É comum ouvir de nossos professores universitários de primeiro ano destacar as grandes deficiências na preparação dos estudantes secundários e a elevada deserção.

Neste século XXI, uma nação não pode garantir o seu crescimento econômico e desenvolvimento tecnológico sem uma significativa graduação universitária de sua população. Se você continuar como até agora, continuaremos a comprometer ainda mais o futuro de nossos adolescentes.