Jovem Aprendiz Sabesp: Como Funciona? Entenda!

O programa Jovem Aprendiz Sabesp é realizado em parceria com a instituição Senai e, por se tratar de um órgão público, o ingresso na empresa só é possível através de concurso público ministrado pela instituição. Confira todas as informações sobre como se inscrever para atuar como o Jovem Aprendiz Sabesp!

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) foi fundada em 2973 e é a organização responsável por fornecer água, coletar e tratar esgotos de 363 cidades do Estado de São Paulo — incluindo a capital do Estado.

Como funciona o Jovem Aprendiz Sabesp

A seleção do programa de Jovem Aprendiz Sabesp é feita através de um concurso público, devido ao fato da empresa ser gerida pelo Governo do Estado de São Paulo.

No entanto, esse programa de aprendizagem também está sujeito às diretrizes impostas pela Lei 10.097/2000, que estabelece a contratação de jovens entre 14 e 24 anos para o cargo de jovem aprendiz de forma compulsória em empresas de médio e grande porte (que possuam mais de 5 funcionários registrados).

O contrato de trabalho pode ter a duração de, no máximo, 2 anos, onde o jovem tem, além da experiência prática — realizada diretamente na empresa —, a experiência teórica por meio de um curso de capacitação profissional que, neste caso, é ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, o Senai.

Entretanto, o Sabesp estende o contrato por até 18 meses, que é o tempo que a empresa considera suficiente para a preparar o aprendiz para atuar no mercado de trabalho tradicional.

O Jovem Aprendiz Sabesp trabalha entre 4 horas e 6 horas por dia, tendo sua jornada de trabalho semanal limitada a 30 horas. Além disso, tanto a compensação de horas quanto horas extras são proibidas para os jovens que ocupam os cargos de aprendizes.

Vale a pena ressaltar que as regras para o jovem aprendiz PCD são diferenciadas. Estes, podem ter mais de 24 anos de idade e o contrato de trabalho pode ultrapassar os 2 anos de duração.

Quem pode se inscrever?

Os jovens que desejam concorrer às vagas de Jovem Aprendiz Sabesp, devem analisar cuidadosamente o edital — criado pela banca organizadora Fundação Carlos Chagas — e avaliar se atendem aos seguintes requisitos antes de realizar a inscrição no concurso:

  • Possuir no mínimo 14 anos e no máximo 22 anos;

  • Ter entre 4 horas e 6 horas diárias disponíveis;

  • Estar cursando o ensino fundamental ou o ensino médio ou já ter se formado;

  • Não ter atuado como jovem aprendiz anteriormente.

Ademais, a Sabesp, por compactuar com o objetivo de inclusão social pregado pela Lei da Aprendizagem, tem como prioridade a contratação de jovens socialmente vulneráveis, que comprovem renda baixa.

Portanto, não é necessário possuir nenhuma experiência de trabalho, tampouco cursos extracurriculares, visto que a finalidade do programa é a capacitação profissional do jovem, por meio de experiência prática e do curso teórico.

Outros objetivos do programa de aprendizagem, incluem: promover a evolução pessoal e profissional do adolescente, proporcionar a primeira oportunidade de emprego formal, erradicar o trabalho infantil, integrar o jovem socialmente, entre outros.

Como se inscrever?

Para se inscrever para participar do programa de aprendizagem da Sabesp, é necessário acessar o site oficial da companhia e clicar no menu “concurso público”. Nele, há o subtítulo “aprendiz”, onde estão disponíveis informações sobre os editais em aberto e andamento do programa.

No momento, o processo seletivo para o Jovem Aprendiz Sabesp está finalizado. As provas foram realizadas em maio do ano passado e o resultado final foi divulgado no portal da Fundação Carlos Chagas. Haviam sido ofertadas 516 vagas.

Ainda assim, é possível baixar o edital completo do concurso, a fim de se preparar para o próximo concurso que será aberto pela empresa.

Benefícios e remuneração

Os jovens aprendizes possuem remuneração mínima estabelecida pela Lei da Aprendizagem, que segue o cálculo do salário mínimo vigente, de acordo com as horas trabalhadas. E, em relação a benefícios, o Jovem Aprendiz Sabesp possui direitos assegurados por lei, como:

  • Registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social;

  • FGTS;

  • 13º salário;

  • Vale transporte.

Mas, além destes, a Sabesp também oferece aos aprendizes os mesmos benefícios que os demais funcionários têm. São eles:

  • Assistência médica e odontológica;

  • Seguro contra acidentes pessoais.

É possível que esses benefícios variem de acordo com o edital a ser disponibilizado pela Sabesp.

Conclusão

Participar do programa de aprendizagem Jovem Aprendiz Sabesp é uma excelente chance de adquirir experiência para ingressar ativamente no mercado de trabalho tradicional, além de haver a possibilidade de efetivação dentro da empresa.

No entanto, para ter o melhor aproveitamento possível do programa, é necessário se dedicar inteiramente à sua função, estando atento às instruções oferecidas e absorvendo todas as críticas construtivas e conselhos que lhe forem dados pelos colaboradores mais experientes da Sabesp.