Cortina para sala e decoração: como não errar?

É notório que a presença de uma cortina instalada de forma correta no ambiente, pode trazer diferentes sensações. Desde aconchego e harmonia, dão um toque de charme e elegância na decoração.

Mas você sabe como encontrar a cortina perfeita para sua sala e ou para a decoração do restante da casa? Separamos algumas dicas incríveis para você não errar no momento da escolha e transmitir exatamente aquilo que busca com o ornamento.

 

  1. TAMANHO DA CORTINA

Antes de tudo, é preciso saber as medidas do lugar em que sua cortina vai ficar. Uma boa dica é que a cortina vá do teto ao chão, cobrindo toda a janela e parte da parede. Desse modo, confere mais elegância e dá a sensação de um pé direito mais alto.

Se a janela for grande, pode-se instalar uma cortina que cubra a parede toda, dando maior sensação de amplitude ao ambiente. Em portas de vidro, inclusive, essa é uma dica muito válida.

Do contrário, se sua intenção é cobrir apenas a janela, marque de 20 cm a 30 cm de cada lado e escolha a cortina que se adeque às metragens. Certifique-se, porém, de que ela tenha um bom caimento e fluidez.

 

  1. MOTIVO

É importante saber o motivo para o qual a cortina será escolhida. Pode ser para diminuir a entrada de luz, controlar ruídos externos ou apenas para decorar o ambiente. Ter isso em mente auxilia na hora de escolher o tipo certo de tecido, cor e tamanho.

 

  1. ESCOLHA A COR

Evite sobrecarregar o ambiente, para isso, opte por cores neutras. Elas podem combinar com praticamente qualquer estilo de decoração, unindo-se a ela como um elemento ao mesmo tempo presente e sutil.

No caso do seu objetivo ser o de bloquear o máximo de luz externa, confira se cores mais escuras se encaixam, podendo usar cortinas com tecido de sarja ou veludo, que são mais encorpados. Uma boa alternativa, também, é dar preferência a modelos blecaute.

 

  1. TIPO DE TECIDO

Se sua cortina ficará mais exposta a luz do sol, evite o uso de tecidos muito escuros, pois retém mais calor. Além do mais, as manchas causadas pelo desbotamento a longo prazo podem ser mais aparentes. Se ainda assim preferir dar esse uso a sua cortina, opte por completá-la com um forro para minimizar as manchas.

De forma geral, o tecido mais usado é o voil, pela leveza, fluidez e por possuir um ótimo caimento. Também é possível equipar a cortina com camada dupla ou mesmo tripla, a depender da necessidade e do estilo pretendidos.

 

  1. TRILHO OU VARÃO

O que você mais busca? Praticidade ou modernidade? Independentemente da escolha, saiba que em ambos os casos é possível ter uma resposta positiva — embora o varão possa ser mais fácil de retirar para limpeza e manutenção.

Se você escolher por cortinas de trilho, prefira trilho suíço. É um modelo mais eficiente que o trilho de alumínio, já em desuso. Neste caso, será preciso um bandô, sanca ou cortineiro para dar o toque final na composição de toda a estrutura.

No varão, as cortinas são presas por argolas e os acabamentos ficam por conta de ilhoses e passantes. Aqui, o varão também pode entrar como parte da decoração, por isso, escolha um com a cor e os detalhes que mais combinem com os demais objetos do cômodo.

 

DECORAÇÃO DA SALA

A sala é um dos principais ambientes da casa. Para saber como decorá-la da melhor forma possível, confira abaixo as dicas de como e quais cortinas para sala deve usar!

 

Cortina para sala pequena

  • Em um ambiente pequeno e minimalista, escolha uma cortina clara e leve;
  • Cores branca, bege ou Off White são as mais comuns;
  • Escolha o tecido voil ou linho, que ajudam a tornar o ambiente mais iluminado e, consequentemente, mais amplo.

 

Cortina para sala moderna e ou sala grande

  • Para salas modernas, a cortina blecaute é uma boa pedida e nunca sai de moda;
  • Considere esconder a janela e o restante da parede, conferindo maior elegância.

 

Cortina para sala de jantar

  • Traga um efeito mais suave e charmoso escolhendo tecido leves, como o voil, linho ou seda;
  • Use cores neutras e sem estampa, pois são mais fáceis de harmonizar com o ambiente.

 

Cortina para sala rústica

  • A cortina rústica traz personalidade, é decorativa e funcional;
  • Além do mais, preserva a privacidade e a proteção de luzes externas;
  • Combine tons da cortina com os dos móveis, principalmente se também forem rústicos.

 

COMO CUIDAR DA SUA CORTINA

Para aumentar a vida útil da sua cortina e manter o bem-estar da sua família, é preciso limpar a cortina de tempos em tempos.

  • Pano úmido para cortinas tipo blecaute (principalmente as de PVC);
  • Lave na máquina apenas tecidos mais resistentes;
  • Lave à mão peças mais finas e delicadas, como tecidos de ou que possuam renda;
  • Não use água quente para não correr o risco de encolher o tecido da cortina;
  • Seque à sombra e, se possível, pendure-a já esticada para dar o caimento correto.