Os 4 destinos internacionais mais incríveis para conhecer com baixo custo

Quantas vezes por dia você pensa em uma escapada ou fantasias e faz listas com os lugares para ir de férias para os que se sairia? Sim, sabemos que ainda faltam mais de três meses para que chegue a temporada de férias de 2020, mas queremos aproveitar para já te adiantar quais destinos incríveis você pode colocar na sua rota da vez.

É muito possível que haja mais de um que você já tem em sua lista viajante, mas de certeza que outros irão surpreendê-lo. Então continue lendo e te diremos quais são os melhores destinos para viajar em 2020.

1. Nova Zelândia

Vamos começar em grande, entre os melhores lugares para ir de férias e destinos de viagem mais atraentes, propomos-lhe um dos locais mais remotos de Portugal, designadamente nas antípodas. Só por isso motivo, a Nova Zelândia já poderia se tornar um dos destinos para onde viajar em 2020, mas é que, além disso, o país tem um charme único. Composto por duas ilhas, você precisará de pelo menos 15 dias para ver o essencial e se você realmente quiser mimetizarte com o ambiente, a melhor forma de viajar será em caravana.

2. México

Uma plataforma de viajantes focada millennials publicou os resultados de uma pesquisa sobre os destinos e lugares para ir de férias preferidos de seus clientes e o número um se encontrava Tulum, uma das visitas obrigatórias de viagens para o México. Aqui você vai encontrar impressionantes ruínas maias, como as próprias de Tulum ou a grande pirâmide de Chichén Itzá, as paradisíacas praias da Riviera Maya, os fundos marinhos de Cozumel e a natureza de Sian Ka’an. Se você se pergunta “onde posso ir de férias”, já tem a resposta. Vai adorar estes lugares: férias paradisíacas como jamais chegou a sonhar

3. Singapura

Singapura é um dos destinos preferidos de quem viaja ao sudeste asiático. Se bem que a maioria dos viajantes combina este pequeno país com outros destinos da região, é normal que passem alguns dias em percorrer as ruas de um destino de corte futurista que vai fazer você se sentir como se acabaras de entrar no set do novo filme de ‘Avatar’.

4. Marrocos

Em 2013, Marrocos tornou-se o país mais turístico da África, algo que não é de estranhar tendo em conta que o país conta com nada menos do que nove lugares declarados Patrimônio da Humanidade.

Entre os pontos mais visitados se encontram as chamadas cidades imperiais – Marrakech, Fez, Meknès e Rabat – em que añadiríamos alguma mais. Casablanca oferece uma visita especial entre aqueles que são amantes da emblemática filme de Michael Curtiz, Tânger tem sido cidade refúgio de muitos artistas como William Burroughs, Jack Kerouac, Francis Bacon, Matisse ou Delacroix e outros.

Como viajar barato para fora do país?

O mais difícil de fazer um orçamento para uma viagem não é fazê-lo e ter uma ideia de quanto você vai gastar, se não que, uma vez estando no destino realmente o cumprires. Ou seja, se você pretende ficar em quartos compartilhados, de pousadas, mas chegando ao seu destino, você se dá conta que prefere ter um quarto inteiro, essas mudanças desajustarão todo o seu planejamento.

Então, é melhor planejar o que vai gastar mais e poupar este extra, do que ter que parar e não aproveitar o máximo sua viagem.

Com isso dito, é momento de agora se continuar com a lista dos países mais baratos para viajar.

Os 5 destinos internacionais mais baratos para viajar em 2020

Existe a ideia de que para viajar por todo o mundo, devemos ser milionários ou algo assim. No entanto, como em tudo na vida, o custo de viajar muito depende da maneira em que o faça e de para onde você vai. Se for considerar os destinos mais procurados o seu orçamento irá lá em cima,mas se não tiver problema em viajar para lugares desconhecidos, poderá realizar viagens internacionais a preços inimagináveis. Duvida? Então confira a lista abaixo e comprove!

1. Albânia

Começamos esta lista com, provavelmente, a joia ainda sem descobrir do turismo na Europa: Albânia.

Este destino combina tudo o que mais gosta na hora de viajar: é barato, tem paisagens de sonho, uma gastronomia requintada, cidades com muita história e gente muito simpática, sempre disposta a ajudar o viajante.

Um dia você pode estar fazendo caminhadas em suas lindas montanhas e, no dia seguinte, tomando o sol em praias semelhantes às do caribe.

Pouco a pouco, a Albânia foi obtido o reconhecimento que merece nos guias de viagem, e acreditamos que não vai passar muito tempo antes que comanda os rankings turísticos.

É por isso que sugerimos que não deixe passar mais tempo e a sumes em seu itinerário para este 2020.

Melhores coisas para fazer na Albânia

  • 1. Fazer um passeio pela linda Riviera Albanesa
  • 2. Descobrir as relíquias do passado, em Tirana
  • 3. Banhar-se no Olho Azul

2. Tunísia

Localizado no Magrebe, no norte de África, se encontra este pequeno país que se converteu em um dos destinos mais baratos favoritos para os turistas.

Tunísia combina não só belas praias sobre o Mediterrâneo e as areias douradas do deserto do Saara, mas que também soma uma história diferente e a hospitalidade de seu povo.

Para os que gostam da agitação, sugerimos entrar em suas medinas ou parar nos mercados a desfrutar da gastronomia local.

Se buscam descanso em um destino de praia, com toques de cultura e história, tudo por um preço baixo, a Tunísia é o lugar para visitar este 2020.

Melhores coisas para fazer na Tunísia

  • 1. Percorrer as ruas da cidade de Tunis
  • 2. Visitar os restos da antiga Cartago
  • 3. Relaxar nas costas de Sidi Bou Said

3.  Malásia

E se falamos de lugares baratos para viajar não podemos deixar de fora o Sudeste Asiático. Esta região tem vários destinos low-cost que recomendamos visitar, e começamos pela Malásia.

Se bem que não é o mais barato da região, Malásia, continua a ser um país acessível ao qual viajar e perfeito em sua relação preço-qualidade.

Com uma conjunção de culturas e religiões que misturam o chinês, o hindu, o malaio e o muçulmano, a Malásia é uma espécie de microcosmo fascinante.

Quer que te interessam as cidades desafiadores, as praias e a selva ou da cozinha deliciosa, Malásia oferece uma infinidade de opções para visitar este 2020.

Melhores coisas para fazer na Malásia

  • 1. Seja fascinado com as Torres Petronas, em Kuala Lumpur
  • 2. Fazer um curso de comida e arte de rua em George Town
  • 3. Mergulhar em Pulau Kapas

4. Turquia

Para alguns, é a Europa, para outros é a Ásia. Mas o certo é que a Turquia é o melhor de dois mundos que se encontram para formar um dos destinos mais fascinantes desta lista.

Devido à sua localização entre dois continentes, a Turquia é um destino estratégico para várias civilizações, tanto orientais como ocidentais.

Hoje em dia, toda essa história se traduz em uma gastronomia mais eclética, mesquitas, bazares e ruínas gregas e romanas, entre vários outros atrativos culturais.

Seus anfitriões hospitaleiros, paisagens que parecem ter saído de outro planeta e preços acessíveis são os extras que fazem com que a Turquia se torne um destino completo para visitar este 2020.

Melhores coisas para fazer na Turquia

  • 1. Percorrer as mesquitas e mercados de Istambul
  • 2. Voar de balão sobre a Capadócia
  • 3. Visitar as piscinas termais de Pamukkale

5.  Macedônia

Este destino quase inexplorado pelo turismo é um pequeno território dentro dos Balcãs, que aos poucos foi ganhando importância nos últimos anos.

Ao igual que o resto dos países da região, Macedónia é marcada por influências tão variadas como os romanos, gregos, bizantinos, otomanos e eslavos, que compõem a sua múltipla identidade atual.

Com uma paisagem montanhosa é perfeito para os amantes da natureza e das cidades em plena emergência, Macedônia é um país muito acessível para que cada vez mais gente está se aproximando.

Sugerimos que você sumes a eles e o adicione à sua seleção de lugares baratos para viajar neste ano.

Melhores coisas para fazer em Macedónia

  • 1. Percorrer os museus e monumentos da Cidade
  • 2. Relaxar na pitoresca cidade de Ohrid
  • 3. Sentir-se na Grécia Antiga, nas ruínas de Heracleia Lincestis

Quantos Pedagogos se formam por ano, no Brasil?

Essa é uma pergunta feita com frequência por quem cursa Pedagogia ou ainda por quem pensa em cursar. Mas desde já adiantamos, não leve essa informação em consideração para desanimar ou desistir de se graduar, afinal de contas, atualmente no Brasil mais de 90% dos Pedagogos estão empregados. Ou seja, a probabilidade de você ingressar no mercado de trabalho independente de quantos profissionais se formam por ano, são muito grandes. A área de atuação é ampla e há inúmeras funções que podem ser desempenhadas.

Bom, vamos então responder o questionamento que dá título à essa postagem: não há números concretos para precisar, muito embora saiba-se que sim, são muitos. Afirmamos isso devido ao fato de o curso de Pedagogia estar entre os mais buscados por quem quer fazer uma graduação. Falando especificamente da modalidade a distância, ele está entre os três com maior número de matrículas.

E já que o assunto é graduação em Pedagogia EAD, a procura já é superior ao ensino presencial. Já são mais de 61%, de acordo com o último levantamento realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o famoso Inep. Isso se dá pela comodidade de escolher como e quando estudar, e pela garantia de que a validade do diploma é exatamente a mesma do presencial. Então, se esse último era um fator que te causava receio, pode ficar seguro.

Falando um pouco sobre remuneração, um Pedagogo em início de carreira pode ganhar vencimentos em torno de R$ 1,6 mil e, com o passar dos anos, e claro, com as especializações que forem sendo agregadas ao currículo, os ganhos podem ultrapassar os R$ 6 mil. Ótimas cifras se levarmos em consideração o padrão brasileiro.

Voltando às faculdades a distância, vamos aproveitar para elencar três das mais conceituadas instituições dessa modalidade e que oferecem o curso de Pedagogia:

EAD Pleno Unilins

É possível optar entre duas opções de duração e valores: R$ 104,92 ao mês durante 64 meses ou R$ 139,90 pelo período de 48 meses. O material didático já tem seu valor incluído na mensalidade e é composto por livros impressos e videoaulas em DVD’s, também é possível acessá-los online através do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

EAD Pleno Unifacvest

Assim como você pôde ver quando falamos da Unilins, no EAD Pleno Unifacvest há também duas opções tanto para valores de mensalidade como para duração do curso: R$ 127,57 durante 64 meses ou R$ 189,00 por um período de 48 meses. O estudo se dá com livros impressos e videoaulas em DVD’s (cujos valores já são inclusos na mensalidade), e também online acessando o AVA.

EAD Pleno São Luís

Já na Faculdade de Educação São Luís você paga R$ 179,00 ao mês e em quatro anos conquista seu diploma em Pedagogia. Os materiais didáticos, assim como nas instituições citadas anteriormente, são compostos por livros impressos, videoaulas em DVD’s, e claro, conteúdos também presentes online.

Agora que você já sabe tudo sobre Pedagogia e quais as melhores instituições de ensino a distância para se matricular, siga firme no seu propósito e certamente em breve fará parte do rol de grandes Pedagogos brasileiros.

Quanto tempo dura um curso superior de Administração EAD?

O curso de Administração é um dos mais procurados por alunos que estão ingressando no ensino superior. Quando falamos da faculdade de administração a distância, também podemos dizer que o curso está no topo da procura.

A grande procura se deve a abrangência do curso, que forma profissionais capacitados para atuar em diversas áreas no mercado de trabalho, que vai de pequenas empresas familiares até grandes multinacionais, passando por empresas de médio porte, cargos em entidades públicas, ONGs e é indicada também para empreendedores que estão abrindo ou gerenciando o próprio negócio.

Tanto o curso presencial quanto o EAD devem ter, em média, 3.000 horas de aulas, que são distribuídas em 4 anos de duração.

Durante esse tempo, o aluno vai ter contato com conteúdos como Empreendedorismo, Introdução à Administração, Contabilidade Geral, Fundamentos da Economia, Ética e Responsabilidade profissional, Noções Gerais de Direito, Matemática Financeira, Legislação Empresarial, Gestão de Pessoas, Gestão do Conhecimento nas Organizações, Comunicação Empresarial, Psicologia das Organizações, Comportamento Organizacional, Teoria das Organizações, Estatística Aplicada, Introdução ao Marketing, Liderança e Formação de Equipes, Gestão de Processos em Negócios, Gestão de Logística e Operações, Fundamentos de Finanças, Custos e Formação de Preços, Administração da Produção e Materiais, Gestão de Projetos, Marketing Estratégico, Estratégia Empresarial, Análise e Decisão de Investimentos, Administração de Vendas, Planejamento Estratégico, Administração de Varejo e Serviços, e diversos outros que vão ajuda-lo a se tornar um profissional l competente para criar e implementar projetos de negócios com atitude empreendedora e visão estratégica.

Se você tem interesse por cursar Administração, fique atento aos cursos a distância. A graduação administração ead vai te proporcionar a mesma formação que a presencial, com algumas vantagens importantes.

Para começar, os cursos a distância oferecem flexibilidade de horários, já que você pode estudar quando e onde quiser. Com isso, você faz uma grande economia de tempo e dinheiro. Afinal, você já ganhará o tempo que seria gasto no deslocamento até a instituição de ensino e com isso também diminuirá algumas horas mensais de trânsito pela cidade. E não é só isso, o valor pago nas mensalidades para fazer uma graduação a distância é muito menor quando comparado a um curso presencial.

Outro ponto importante que já citamos anteriormente, mas que merece mais atenção, é a flexibilidade. Com o ensino a distância, você pode estudar onde e quando quiser, basta apenas ter em mãos um dispositivo com acesso à internet, como computador, tablet ou smartphone. Além disso, você também pode contar com materiais de apoio, como livros e PDFs. A flexibilidade de horários também possibilita que você possa estudar no período em que estiver mais bem preparado para aprender. Afinal, os estudantes são diferentes e podem render melhor em períodos distintos. Mas, em um curso presencial é preciso ter hora para aprender e ainda seguir o mesmo ritmo de aprendizagem dos colegas. No ensino EAD é muito mais específico e particular o estudo.

Agora que você já sabe tudo sobre o curso de Administração a distância, está na hora de começar a pesquisar uma instituição cadastrada pelo MEC e realizar seu sonho de ser um profissional com curso superior.

3 boxes de ficção científica que não podem faltar na sua estante

A ficção científica é um gênero literário que costuma atrair milhares de fãs e há uma razão para isso: obras desse estilo sempre trazem histórias originais e criativas que despertam a imaginação e prendem o leitor.

O amor pela ficção científica é tanto, que há quem colecione livros desse gênero. Para ajudar a aumentar sua coleção livros, montamos uma lista com três boxes de ficção científica que são obrigatórios na sua estante. Confira quais são!

 

Box Trilogia Sprawl – William Gibson

trilogia-do-sprawl

A Trilogia Sprawl é uma das mais conhecidas do mundo da ficção científica e não é para menos, afinal, foi nela que os irmãos Wachowski se basearam para criar a trilogia de filmes Matrix, estrelada por Keanu Reeves.

O box de livros traz os volumes Neuromancer, Count Zero e Mona Lisa Overdrive, obras que são consideradas percussoras do cyberpunk. Elas se passam na mesma linha temporal e são conectadas por personagens e temas comuns.

Curiosamente, foi nessa trilogia de livros de ficção que William Gibson apresentou conceitos como o da internet e ajudou a propagar o uso do termo cyberspace.

 

Box Fundação – Trilogia – Isaac Asimov

trilogia-fundação

O box Fundação, de Isaac Asimov, tem três livros: Fundação, Fundação e Império e Segunda Fundação. Em 1966, essa trilogia recebeu o prêmio Hugo de melhor série de ficção científica e de fantasia de todos os tempos, conseguindo superar O Senhor dos Anéis.

Nas obras é contada a história da humanidade num futuro muito distante, no qual o cientista Hari Selden consegue prever a destruição do império humano e do conhecimento acumulado durante milênios. Então, cria um plano para reconstruir toda a glória dos homens.

 

Box Jurassic Park 25 anos – Michael Crichton

trilogia-jurassic-park

Box que reúne duas obras, a Jurassic Park e O Mundo Perdido. Ambas, que são clássicos para se ter na estante para livros de todo colecionador, apresentam um mundo em que dinossauros são recriados em laboratórios e ocorrem vários eventos trágicos.

Me formei em Pedagogia, e agora? Como é a vida pós-faculdade?

Primeiro, parabéns por formar-se em um dos três cursos de graduação a distância com maior número de matrículas no Brasil! Pode ter certeza que trata-se de uma grande conquista e que, graças a ela, você irá colher ótimos frutos. E é exatamente sobre isso que falaremos neste post: como será a sua vida pós-faculdade.

No que diz respeito a questão de emprego, você pode ficar muito tranquilo, afinal de contas, recentes pesquisas mostram que mais de 90% dos Pedagogos estão empregados recentemente em nosso país. Isso porque a área de atuação é muito ampla para esses profissionais.

Ou seja, a possibilidade de você conseguir uma boa oportunidade com rapidez é muito grande. E não apenas em escolas ou outras instituições de ensino um Pedagogo pode atuar. Há também vagas em hospitais, bibliotecas, museus, organizações não governamentais, assessorias, editoras, entre outras.

Além de professor em turmas de educação infantil, anos iniciais do ensino fundamental e educação de jovens e adultos (EJA), supervisor, orientador e diretor, um Pedagogo pode trabalhar na parte empresarial, onde irá desenvolver e implantar projetos educacionais; no âmbito social, com a finalidade de inserir a prática da educação, em igrejas, centros comunitários, asilos, presídios, e ainda, na assistência social à pessoas em situação de risco e abandono; na área hospitalar, implementando processos educativos de crianças e jovens internados; e no desenvolvimento de materiais de ensino, elaborando livros infantis e material didático.

Acho que conseguimos provar que você fez a escolha certa ao cursar uma faculdade de Pedagogia e agora, já formado, terá um grande leque de opções para trabalhar, não é verdade?

E para você, que chegou a esse post ainda não tendo iniciado os estudos por estar em dúvida, mas tem vontade de realizar uma graduação em Pedagogia, esperamos ter conseguido te convencer. E queremos te ajudar ainda mais, para isso vamos elencar três das melhores instituições de ensino a distância e que oferecem o curso, para que você analise qual atende melhor suas necessidades e, logo após a leitura, fazer sua matrícula.

EAD Pleno Unifacvest

O EAD Pleno Unifacvest tem duas opções tanto para valores de mensalidade como para duração do curso: R$ 127,57 durante 64 meses ou R$ 189,00 por um período de 48 meses. O estudo se dá com livros impressos e videoaulas em DVD’s, podendo também serem acessados online.

EAD Pleno Unilins

Assim como na Unifacvest, a instituição te dá a possibilidade de escolher entre duas opções de preços e valores: R$ 179,92 ao mês durante 64 meses ou R$ 239,90 pelo período de 48 meses. O material didático, que já está incluído na mensalidade, é composto por livros impressos e videoaulas em DVD’s, sendo que esses conteúdos também poderão ser acessados online.

EAD Pleno São Luís

Já no EAD Pleno São Luís, você poderá cursar Pedagogia a distância em 48 meses pagando apenas R$ 179,00 ao mês. Os materiais didáticos também são compostos por livros impressos e videoaulas em DVD’s, sem esquecer, é claro, que os conteúdos estão presentes também online.

Desejamos a você recém-formado ou a você que ainda irá começar sua caminhada, muito sucesso como Pedagogo. Acredite, a vida de muitas pessoas será mudada para a melhor graças a sua ajuda. Parabéns pela escolha!

Como resolver questões dissertativas em concursos públicos?

Ao estudar com questões para concursos é muito importante que você se prepare também para as perguntas dissertativas, uma das maneiras de estudar é assistindo vídeo aula para concurso.

Mas o que você deve fazer primeiro? Comece fazendo uma leitura atenta do enunciado para não cair no erro de fazer um bom texto, mas que não atende ao que foi pedido na questão. Quando você faz uma boa leitura suas chances de acertar ao responder questões para concursos será muito maior. Se tiver tempo leia no mínimo duas vezes antes de iniciar seu texto.

A segunda dica é: faça anotações à margem descrevendo o que a proposta pede, pequenas ideias que surgirem para você organizar, informações que você já sabe sobre o tema, ou seja, os fatos conhecidos que irão subsidiar seu argumento ao realizar seu texto.

Como terceiro ponto, podemos citar o rascunho. Ele é importante? Deve ser feito? Sim! Ele é indispensável para validar suas ideias antes de repassá-las ao local definitivo da prova. Depois de ler atentamente e fazer suas anotações, o rascunho te ajudará a dar forma ao conteúdo necessário para resposta correta da questão.

No quarto ponto, temos o planejamento do texto. Esta etapa é importantíssima para ajudar na estimulação do seu cérebro na produção de um texto. Fique atento ao vocabulário, identifique as palavras que você não conhece e busque uma contextualização para elas. Faça uma lista das principais ideias para depois transformá-la em um texto.

Por fim, é muito importante também que você não deixe esses três obstáculos atrapalharem sua prova discursiva: nervosismo, ansiedade e insegurança.

No caso do nervosismo a palavra de ordem é: tenha calma! Quando se der conta dos primeiros sinais de desespero, pare tudo o que estiver fazendo e respire profundamente por alguns minutos. Não adianta nada querer continuar suas atividades sem recompor a calma. Ela é de suma importância para que você consiga se concentrar ao responder questões.

Já com relação a ansiedade, mesmo estando em dúvida sobre a resposta a uma questão dissertativa, muitas vezes você acaba sendo guiado pela tensão do momento e pela ânsia de responder logo e passar para a questão seguinte. Não faça isso! Como já dissemos anteriormente, a leitura dos enunciados deve ser feita com muita atenção.

Por fim, sobre a insegurança ao responder questões dissertativas, na pressa de escrever tudo o que sabe, para não esquecer nenhum tópico, recomendamos que você, pare e respire! Escreva uma lista com as principais ideias que pretende utilizar. Isto te dará segurança para não esquecer nada do que pretende usar no seu texto final.

Como dissemos no início do texto, uma boa opção para te ajudar neste caso são os cursos online para concursos públicos. Com eles você pode assistir uma vídeo aula para concurso e se sentir mais preparado antes de realizar uma nova prova.  É muito importante que você esteja seguro respondendo questões para concursos, e com o auxílio de profissionais especializados com certeza seu desempenho será muito melhor.

Quando posso prestar o Exame de Suficiência do CFC/CRC?

O Exame de Suficiência, também conhecido como Exame do CFC ou Exame do CRC, é obrigatório para todos os bacharéis em Ciências Contábeis. A obrigatoriedade passou a ser válida para formados após junho de 2010. Mas, além dos formados, o Exame de Suficiência também pode ser feito por alunos que estejam no último ano do curso de bacharelado. Essa é uma boa prática, pois você já terá aprendido a maior parte do conhecimento exigido na prova e conseguirá sair do curso preparado para o mercado de trabalho.

Para se inscrever no Exame de Suficiência é preciso pagar a taxa de inscrição. Levando em consideração o último edital do Exame de Suficiência a taxa é de R$ 110,00. Mas o candidato pode pedir isenção só precisa respeitar os termos e prazos descritos no edital da edição do exame que tem interesse. A prova possui cinquenta questões objetivas, com quatro opções de respostas (A, B, C e D), sendo apenas uma correta. Para ser considerado aprovado, é preciso acertar no mínimo vinte e cinco questões do Exame de Suficiência.

Preparação para o Exame de Suficiência

Como já mencionamos anteriormente, o estudante do último ano pode fazer o exame. Mas o que ele não pode é acreditar que o conteúdo aprendido em sala de aula é o suficiente para garantir a aprovação no Exame de Suficiência. É que para ser aprovado é preciso fazer um estudo direcionado e contar com a experiência de professores, e isso só um curso exame CFC pode proporcionar. Em outras palavras, não adianta saber o conteúdo, mas como ele será cobrado. O curso exame CFC deve ser escolhido com base na qualidade de ensino e na presença de questões para testar os conhecimentos. Vale também, conferir a opinião de quem já estudou com esse mesmo curso exame CFC, afinal o marketing boca a boca a boca é o melhor e mais eficaz.

Se você não tem tempo a perder, porque divide suas horas com estudo, trabalho e tantas outras responsabilidades, precisa contar com um curso exame CFC com videoaulas. Essa é a forma mais dinâmica e rápida de aprender. Isso acontece porque você não fica lendo por horas uma apostila monótona, mas aprende o tema em uma videoaula de trinta minutos. Afinal, um professor tem muito mais experiência que você, já que a sua intenção é fazer apenas uma vez o exame, e o professor realizou a prova milhares de vezes por intermédio de outros alunos.

Além do curso exame CFC, outra ação que te faz chegar mais longe e ser aprovado é responder questões de exames anteriores. Assim, você conhece o estilo de cobrança da banca, fixa o conhecimento com base nos seus próprios erros e acertos e diminui o nervosismo, já que pode simular o grande dia. Por falar em simular, também vale imprimir a última prova do Exame de Suficiência e resolver. Mas é preciso fazer como se fosse o dia oficial de prova, então fique em um lugar mais isolado, cronometre o tempo e passe as respostas para o gabarito. Assim, saberá quanto tempo leva para completar o ciclo completo do teste.

Como estudar para o concurso da PRF?

A Polícia Rodoviária Federal segue aguardando autorização por parte do Ministério da Economia para realizar seu novo concurso público. De acordo com o pedido, estima-se que no edital PRF sejam oferecidas um total de 4.435 vagas, sendo 4.360 para o cargo de Policial Rodoviário Federal, que exige graduação completa em qualquer área, e 75 para Agente Administrativo, que pede nível médio completo.

Ao contrário da PRF, você não precisa esperar para iniciar sua preparação. Ao contrário, o ideal é que o faça imediatamente, pois assim, quando o edital for finalmente publicado, estará com grande vantagem em relação aos concorrentes. E neste post vamos te mostrar como estudar para o concurso PRF.

Em primeiro lugar, saiba que ser dedicado e disciplinado é o primeiro passo. Além disso, outro ponto fundamental é contar com uma boa preparação, e isso você encontra fazendo um curso online. Mas cuidado, não pode ser qualquer curso online, esteja sempre atento a alguns diferenciais para fazer sua escolha e assim ter certeza de uma preparação completa e de qualidade. Veja abaixo quais são:

  • Oferecer videoaulas

O melhor curso online PRF irá respeitar um dos seus bens mais preciosos: o tempo. Isso pelo simples fato de te oferecer a possibilidade de estudar assistindo videoaulas. Elas, ao contrário das apostilas, são realmente eficazes e permitem que consuma todos os conteúdos necessários até o dia da prova, pois apresentam os conteúdos em apenas 30 minutos, permitindo então uma preparação mais rápida e eficaz.

  • Conteúdo que cai na prova

Priorize sempre os conteúdos que realmente serão cobrados. Não aceite nada diferente disso! Perder tempo com assuntos desnecessários não deve em hipótese alguma fazer parte da sua rotina. É necessário ir direto ao ponto e somente um curso online de qualidade te dá essa possibilidade.

  • Plano de estudos

Acima falamos sobre a importância e eficácia de se preparar assistindo videoaulas. Mas será que é possível simplesmente assisti-las sem ter uma organização, sem criar um plano de estudos? Se o curso online já disponibilizar essas videoaulas nesse formato é possível sim!

Desta forma, basta que você siga o cronograma criado após longa análise e, automaticamente, estará se preparando da maneira correta. Aqui relembramos sobre a preciosidade do tempo, portanto, ter videoaulas em formato de plano de estudos significa economia máxima do seu tempo!

  • Preparação com questões

Conforme diz aquela famosa expressão, “a prática leva à perfeição”. Concorda? Então saiba que quando o assunto é concurso público, não há forma melhor de praticar que não seja a resolução de questões. Por isso, um curso online para o concurso PRF 2020 apenas será realmente completo se oferecer uma plataforma com grande quantidade de questões para que você possa treinar.

Acredite, só assim você coloca em prática seu conhecimento, pois simula de forma efetiva como seria o dia da prova. E claro, verá que quando a data realmente chegar, estará com muito mais bagagem e segurança, pronto para conquistar uma ótima nota.

Então, não deixe de comprar o curso online PRF e ficar muito mais perto de conquistar sua sonhada vaga.

Vida de Vinicius de Moraes – Breve biografia sobre o maior da música brasileira

O escritor brasileiro Vinicius de Moraes (1913-1980) ajudou a criar dois dos ícones da cultura do século XX, a peça Orfeu da Conceição, que ficou conhecida em inglês como Orfeu Negro depois que foi transformado em um filme de sucesso internacional, e a canção “Garota de Ipanema”, mais conhecida como “a menina de Ipanema”.

Essas duas obras formaram apenas uma pequena fração do que Moraes realizou. Ele escreveu poesia para especialistas e canções populares para o povo brasileiro. Uma lista completa de suas ocupações também incluiria diplomata, crítico de cinema, censor de cinema, roteirista, cantor e artista de gravação, colunista de conselhos, apresentador de rádio, advogado não-praticante, e não-conformista geral com um gosto pelo bom uísque.

Moraes estava sempre procurando algo novo, e essa tendência ajudou a torná-lo um grande artista de crossover que fundiu ideias culturais ocidentais e africanos no Orfeu Negro e trouxe a música brasileira sutil para o topo das paradas internacionais com “A garota Ipanema”.

Seu pai gostava de recitar poesia em reuniões familiares, e sua mãe cantava e tocava guitarra. Moraes escreveu seu primeiro poema aos sete anos, foi enviado para algumas das melhores escolas do Brasil, e ganhou um diploma de direito aos 20 anos, também entrando na Reserva Do Exército do Brasil. Moraes dedicou pouco ou nenhum tempo à prática da Lei, no entanto, pois ele estava dedicando sua energia a atividades artísticas.

Moraes e os irmãos Paulo e Haroldo Tapajós (ou Tapajóz) eram amigos de infância, e formaram um pequeno grupo musical na Escola Colégio Santo Inácio. Quando os dois irmãos começaram a ganhar fama nacional no Brasil como estrelas jovens, Moraes continuou a trabalhar com eles, escrevendo canções em gêneros de dança populares como.

Aos 15 anos de idade, Moraes teve seus dois primeiros hits como compositor com um par de composições chamadas Loira ou morena e Canção da Noite. Ele também era fascinado pelas tendências da poesia moderna. Ao terminar o seu curso de direito, publicou o seu primeiro livro de poesia, o caminho para a distância, seguindo-o com a sofisticada Forma e exegese (formas e interpretações) em 1935. Moraes passou vários anos trabalhando na indústria cinematográfica brasileira. Em 1938 ele ganhou uma bolsa de estudos para estudar na Universidade de Oxford, na Inglaterra, e também escreveu vários volumes de poesia difícil, alguns deles em uma mistura de português e Inglês.

No ano seguinte, Moraes casou-se com sua primeira esposa, Beatriz. Ele se casou várias vezes, em cerimônias oficiais e não oficiais (mais tarde na vida ele era um aderente de uma variante Afro-Brasileira do catolicismo), e teve quatro filhas. (A última, Maria, nasceu em 1970.)

Forçado a retornar ao Brasil com a eclosão da Segunda Guerra Mundial, Moraes escreveu críticas ao cinema e trabalhou como um censor de cinema para o governo. Embora fosse um pouco tarde no jogo para tomar tal posição, ele escreveu artigos condenando o filme sonoro e exaltando as virtudes do cinema mudo.

Moraes juntou-se ao corpo diplomático do Brasil em 1943. Neste ponto de sua vida, ele ainda compartilhou a visão política conservadora de sua família e estava pronto para se tornar um servo do governo do Brasil e seus interesses. Ele até simpatizava com o fascismo nos estágios iniciais da Segunda Guerra Mundial.

Tudo isso mudou depois que Moraes conheceu o escritor americano Waldo Frank em 1945. Ele foi enviado para fornecer passagem segura ao redor do Brasil para Frank, que havia sido fisicamente atacado por fascistas na Argentina, e Moraes disse a Selden Rodman da revista Saturday Review que, à medida que os dois viajavam pelo país, “eu vi o crime, a degradação sexual e a pobreza pela primeira vez. Em 30 dias eu já não era um menino, já não um cidadão da classe média alta, preparado pelo sacerdócio para ser um bom direitista. Fiz um círculo completo. “Para o resto de sua vida Moraes foi um defensor da democracia às vezes conturbada do Brasil e um defensor da justiça social.

Mais alargamentos de seus horizontes ocorreram quando ele foi colocado em Los Angeles, Califórnia, como vice-cônsul Brasileiro em 1946. Ele passou três anos nos Estados Unidos, passando tempo com celebridades como a diretora Orson Welles e a atriz Rita Hayworth. Moraes recuou sua oposição ao cinema sonoro, explicando, de acordo com Kirsten Weinoldt da revista Brazzil, que “eu era e continuo a ser, não um mudo cinematográfico, como muitos pensam, apenas um pouco de gaguez. Ele editou uma revista de cinema, mas durou apenas duas edições.

Em 1950, após a morte de seu pai, Moraes retornou ao Brasil. Ele se mudou com a irmã de 19 anos de um amigo, vivendo em um apartamento no Rio sem eletricidade, pois ele tinha sido forçado a receber um corte de salário quando não em um posto estrangeiro. Complementando sua renda como crítico de cinema para o jornal Ultima hora, Moraes foi forçado a escrever uma coluna de conselhos como parte do trabalho. Mas o ambiente do Rio estimulou seus impulsos criativos. Visitando clubes noturnos, ele ouviu os próximos músicos do gênero infeccioso samba e começou a escrever letras de música mais uma vez.